quarta-feira, fevereiro 14, 2024
Home Mundo Arroz de paella pode desaparecer da Espanha, alertam agricultores enfurecidos com a União Europeia

Arroz de paella pode desaparecer da Espanha, alertam agricultores enfurecidos com a União Europeia

por Leo Lopes
0 Comente
arroz-de-paella-pode-desaparecer-da-espanha,-alertam-agricultores-enfurecidos-com-a-uniao-europeia

Uma variedade de arroz espanhol tradicionalmente usada para fazer paella está ameaçada por um fungo depois que a União Europeia proibiu um pesticida no qual os agricultores dizem confiar, em outro exemplo de como as regras ambientais do bloco estão irritando os produtores.

Três produtores de arroz na região de Valência afirmaram que a sua colheita de arroz bomba, uma variedade cultivada quase exclusivamente na Espanha, foi em 2023 metade da média dos últimos 10 anos, como resultado do fungo Pyricularia, que causa a brusone do arroz.

O arroz bomba “é muito provável que desapareça”, disse Miguel Minguet, um produtor de arroz no Parque Natural da Albufera, em Valência.

“Nossa colheita será perdida devido às regulamentações”, completou.

Entretanto, grandes exportadores como o Brasil, a Índia e o Camboja estão utilizando amplamente o pesticida para proteger as suas próprias culturas.

Os agricultores de toda a Europa organizaram protestos furiosos contra a UE devido às restrições que, segundo eles, proporcionam uma vantagem aos concorrentes estrangeiros.

Os agricultores espanhóis têm protestado em todo o país nos últimos dias.

Os confrontos estão expondo a luta da UE para conciliar o seu esforço de sustentabilidade com o seu objetivo de se tornar mais autossuficiente na produção alimentar em um contexto de cadeias de abastecimento perturbadas.

A Comissão Europeia foi forçada a recuar, com a presidente Ursula von der Leyen propondo na terça-feira a retirada do plano da UE para reduzir para metade a utilização de pesticidas.

“Pequenos vestígios” do pesticida

A UE deixou de autorizar o triciclazol em 2018 porque decidiu que poderia ser prejudicial à saúde humana.

Há 40 anos que se confia nele para combater o fungo que afeta o arroz bomba nas zonas úmidas de Espanha, disseram os agricultores.

O que talvez mais irrita os agricultores é que a UE ainda permite que as importações contenham “pequenos vestígios” do fungicida.

“Existe um conjunto de regras para a Europa e outro para quem produz no exterior”, disse Emilio Gonzalez, professor da Escola de Engenharia Agrícola e Florestal da Universidade de Córdoba.

Paella do restaurante Cala del Tanit, em São Paulo / Pedro Ferrarezi

Os bens importados precisam respeitar os níveis de resíduos estabelecidos pela UE, disse um porta-voz da equipe do Acordo Verde Europeu.

Os níveis “garantem que os produtos são seguros para consumo humano”, disseram.

Os agricultores das zonas úmidas de Albufera ainda podem utilizar pelo menos dois outros fungicidas para proteger a produção de arroz, que se infiltram no ecossistema e afetam as populações de camarões, de acordo com um estudo de 2023 liderado por Andreu Rico, investigador em biodiversidade da Universidade de Valência.

O arroz é “uma monocultura intensiva onde a doença se espalha facilmente de um campo para outro”, disse Rico.

O declínio na produção de arroz bomba fez com que o preço duplicasse em três anos, sendo vendido por mais de cinco euros (R$ 26) o quilo em varejistas como Carrefour ou Ahorramas.

A maior cadeia de supermercados espanhola, Mercadona, confirmou escassez nos últimos meses, mas a oferta “está se recuperando gradualmente em quase todas as nossas lojas na Espanha”, afirmou.

O arroz bomba, em vez de outras variedades, é popular para cozinhar paella, um prato de arroz normalmente feito com coelho, frango, feijão verde e feijão manteiga, porque “se expande como uma sanfona” quando aquecido, o que significa que é difícil cozinhar demais, disse Rafael Vidal, um conhecido chef de paella que oferece aulas de culinária em seu restaurante perto de Valência.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

News Post 2025 © Todos direitos reservados