sexta-feira, maio 24, 2024
Home Brasil Buscas por fugitivos de Mossoró completam um mês com reféns, recompensa e simulação de disfarces

Buscas por fugitivos de Mossoró completam um mês com reféns, recompensa e simulação de disfarces

por Felipe Andrade
0 Comente
buscas-por-fugitivos-de-mossoro-completam-um-mes-com-refens,-recompensa-e-simulacao-de-disfarces

A caçada aos fugitivos Deibson Cabral Nascimento e Rogério da Silva Mendonça completa um mês nesta quinta-feira (14). Eles escaparam do Presídio Federal de Mossoró na madrugada do dia 14 de fevereiro, passando por um buraco na parede de uma cela.

Nesta quarta-feira (13), o ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, afirmou haver indícios fortes de que os criminosos ainda estejam perto do presídio.

A operação de buscas envolve mais de 500 agentes de segurança, incluindo Polícia Federal, Polícia Penal Federal, Polícia Rodoviária Federal, Força Nacional e Corpo de Bombeiros. Policiais militares de Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Goiás também participam do serviço.

Abaixo, descrevemos o que sabemos sobre o caso:

A fuga

Às 3h47 do dia 14 de fevereiro, Deibson Nascimento e Rogério Mendonça escaparam da penitenciária em uma fuga inédita registrada no Sistema Penitenciário Federal (SPF).

Os dois integrantes da facção Comando Vermelho fugiram pela luminária que estava na cela, chamada pela perícia da Polícia Federal de “shaft de manutenção”.

Após isso, os peritos criminais federais detalharam que os fugitivos se deslocaram por meio de um espaço que interliga as celas. Posteriormente, os presos conseguiram acessar o telhado do presídio e desceram utilizando um poste de luz localizado nas proximidades.

Os investigadores que estão à caça dos dois fugitivos do presídio federal de Mossoró (RN) receberam relatos de uma família feita refém na noite de sexta-feira (16) na área rural da cidade, próximo à penitenciária.

Segundo a vítima relatou aos investigadores, no histórico ao qual a CNN teve acesso, os dois estavam de boné, um de calça azul-claro com número (característica do presídio) e tênis azul com passador, um de camisa escura e o outro camisa clara.

“Estavam fedendo muito e com aparência suja”, contou a vítima.

Segundo o relato, os fugitivos chegaram pelo mato, por volta de 19h30, e saíram por volta de 00h30 já deste sábado (17). A casa fica localizada no fim de uma rua, voltado para o pé da mata.

“Não pediram dinheiro, falaram que só queriam comida e celular, levaram comida (ovo cozido e outros itens) em sacola plástica. Não estavam de mochila”, diz o relatório.

A vítima contou também que os dois levaram 2 celulares e carregadores, e pediram a senha de destravar do telefone.

Veja o complemento do relatório:

  • Mandaram abrir as redes sociais e televisão pra ver notícias relatando a fuga
  • Fizeram muitas ligações pelo WhatsApp, alguns números com DDD 21 e o interlocutor tinha sotaque e mencionou que estava no RJ
  • Perguntavam a todo momento a localização e demonstravam desconhecimento do lugar onde estavam; vítima informou que estavam muito perto da PFMOS
  • Perguntaram como chegava ao Ceará
  • Perguntaram se estava longe do litoral
  • Perguntaram se tinha muito ponto de bloqueio na rua; vítima falou que perto de Mossoró tinha
  • Não levaram nem o carro e nem a moto da vítima
  • Os investigadores acreditam que a recaptura de Rogério Mendonça e Deibson Nascimento está próxima. Na quinta-feira foram encontradas pegadas e roupas no meio da mata em um rastro possivelmente de fuga.

Recompensa

O governo do Rio Grande do Norte informou haver o pagamento de recompensa de R$ 15 mil por informações que levem à captura de cada um dos dois presos foragidos da Penitenciária de Segurança Máxima de Mossoró.

Procurados da penitenciária de segurança máxima de Mossoro (RN) / Reprodução

A recompensa será paga em dinheiro com verba federal, pela Polícia Federal.

Dois números foram divulgados para quem tiver “informações que levem à captura”, o disque denúncia 181 e o WhatsApp (84) 98132-6057.

Também é possível fazer denúncias pelo aplicativo Segurança Cidadã e o e-mail da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte.

Simulação de disfarces

A Polícia Federal (PF) fez simulações de possíveis aparências e disfarces dos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró (RN).

Nas imagens, realizadas no Instituto Nacional de Identificação (INI), em Brasília, Deibson Nascimento e Rogério Mendonça aparecem com óculos e bonés, além de outras roupas.

  • 1 de 6

    Possível disfarce usado por Rogério Mendonça, um dos fugitivos da cadeia de Mossoró (RN)

    Crédito: Divulgação/PF

  • 2 de 6

    Possível disfarce usado por Rogério Mendonça, um dos fugitivos da cadeia de Mossoró (RN)

    Crédito: Divulgação/PF

  • 3 de 6

    Possível disfarce usado por Rogério Mendonça, um dos fugitivos da cadeia de Mossoró (RN)

    Crédito: Divulgação/PF

  • 4 de 6

    Possível disfarce usado por Deibson Nascimento, um dos fugitivos da cadeia de Mossoró (RN)

    Crédito: Divulgação/PF

  • 5 de 6

    Possível disfarce usado por Deibson Nascimento, um dos fugitivos da cadeia de Mossoró (RN)

    Crédito: Divulgação/PF

  • 6 de 6

    Possível disfarce usado por Deibson Nascimento, um dos fugitivos da cadeia de Mossoró (RN)

    Crédito: Divulgação/PF

As projeções de crescimento de cabelo, barba e uso de disfarces foram elaboradas por papiloscopistas do setor de Representação Facial Humana.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

Facebook Twitter Youtube Linkedin Envelope Instagram

categorias noticias

noticias recentes

Charles 3º aparece com Camilla em seu primeiro cartão de Natal como rei Após 25 dias, cápsula de missão lunar sem tripulação cai no Oceano Pacífico Após contagem regressiva, luzes de árvore de Natal de Lisboa falham e vídeo...

as mais lidas

Charles 3º aparece com Camilla em seu primeiro cartão de Natal como rei Após 25 dias, cápsula de missão lunar sem tripulação cai no Oceano Pacífico Após contagem regressiva, luzes de árvore de Natal de Lisboa falham e vídeo viraliza “Nossa simples existência é ilegal”: russos LGBTQIA+ temem pelo futuro

News Post 2025 © Todos direitos reservados