domingo, abril 14, 2024
Home Brasil Cidades de São Paulo começam vacinação contra dengue na terça-feira (20)

Cidades de São Paulo começam vacinação contra dengue na terça-feira (20)

por guilhermegama
0 Comente
cidades-de-sao-paulo-comecam-vacinacao-contra-dengue-na-terca-feira-(20)

As cidades de Santa Isabel e Guararema, na Região Metropolitana de São Paulo, informaram À CNN que devem começar a vacinação contra a dengue nesta terça-feira (20). As doses do imunizante Qdenga, da farmacentica Takeda, devem chegar ao município na segunda-feira (19) e, com o comprimento da entrega, devem chegar ao público no dia seguinte.

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (SES) enviou 79,4 mil doses de vacina contra a dengue ao Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE) de Mogi das Cruzes, nesta quinta-feira (15), para que sejam distribuídas aos municípios.

Outras nove cidades do estado de São Paulo estão na lista do Ministério da Saúde para receber os imunizantes: Guarulhos, Suzano, Itaquaquecetuba, Ferraz de Vasconcelos, Mogi das Cruzes, Poá, Arujá, Biritiba-Mirim e Salesópolis.

Por conta do número limitado de doses, a diretriz do Programa Nacional de Imunizações, definida pelo órgão federal, orienta que a vacinação seja iniciada em crianças com idades entre 10 e 11 anos, parte da faixa etária mais afetade pela doença. O esquema vacinal é composto por duas doses com intervalo de três meses entre elas.

O município de Guarulhos informou em nota que, assim que receber as doses, a imunização começará “o mais rápido possível”. A prefeitura de Suzano afirma que ainda aguarda orientações por parte do governo estadual para dar início à vacinação.

Quantidades de doses enviadas para cada município de SP:

  • Guarulhos: 34.270
  • Suzano: 8.409
  • Guararema: 800
  • Itaquaquecetuba: 10.960
  • Ferraz de Vasconcelos: 4.994
  • Mogi das Cruzes:12.143
  • Poá: 2.834 Arujá: 2.343
  • Santa Isabel: 1.423
  • Biritiba-Mirim: 821
  • Salesópolis: 419

O estado de São Paulo registra mais de 55 mil casos confirmados de dengue e outros 97 mil prováveis, apenas neste ano. 15 pessoas morreram pela doença e 21 óbitos estão em investigação.

Por conta da explosão de casos, 80% dos hospitais privados paulistas registraram aumento no número de internações pela doença, segundo pesquisa do Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (SindHosp).

*Sob supervisão de Bruno Laforé

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

News Post 2025 © Todos direitos reservados