quinta-feira, maio 23, 2024
Home Brasil Dia Internacional da Visibilidade Trans: revista destaca 30 pessoas referências em suas áreas de atuação

Dia Internacional da Visibilidade Trans: revista destaca 30 pessoas referências em suas áreas de atuação

por dudacambraia
0 Comente
dia-internacional-da-visibilidade-trans:-revista-destaca-30-pessoas-referencias-em-suas-areas-de-atuacao

Neste domingo, 31 de março, é comemorado o dia internacional da visibilidade trans. Uma data para celebrar a vida de homens e mulheres transsexuais. Por muitos anos, as pessoas trans tiveram sua existência negada e ignorada pela sociedade. Hoje, elas são celebradas em capa de revista.

A Billboard Brasil lançou a campanha Over 30, uma edição especial que traz a primeira lista brasileira com as 30 pessoas referências em suas áreas de atuação e na luta contra a transfobia no Brasil. A ideia é dar visibilidade para as pessoas trans e travestis que venceram as estatísticas da violência e superaram a barreira dos 30 anos.

Para Camila Zana, diretora da Billboard Brasil, a revista “é uma publicação de celebração à vida, uma celebração às pessoas que conseguem passar dos 30 anos”.

Além da edição, as cantoras Pepita, Mel Gonçalves e Raquel, que estão na capa da revista, compuseram uma música para exaltar os feitos de pessoas trans no país. O refrão do single “Prá Nós” fala de celebração, energia e folia.

Nem sempre esses homens e mulheres foram protagonistas de capa de revista. Neon Cunha, ativista da causa trans e uma das participantes da lista over 30 da Billboard Brasil, relembra a época em que mulheres trans eram executadas nas ruas do centro de São Paulo.

“Era impossível passar tudo que passei e estar viva. Talvez seja uma força maior. Como a minha terapeuta fala: uma pulsão pela vida. Esse desejo que eu tenho pela vida, é o maior ensinamento das pessoas trans, desejo pela vida no país que mais nos mata”, relata Neon.

Os números retratam essa violência. Segundo os dados da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA), pelo décimo quinto ano consecutivo, o Brasil é o país que mais mata pessoas trans no mundo.

Em 2023, houve um aumento de mais de 10% nos casos de assassinatos de pessoas trans em relação a 2022. Foram 155 mortes, sendo 145 casos de assassinatos e dez suicídios. Segundo o relatório, a pessoa mais nova assassinada tinha 13 anos.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

Facebook Twitter Youtube Linkedin Envelope Instagram

categorias noticias

noticias recentes

Charles 3º aparece com Camilla em seu primeiro cartão de Natal como rei Após 25 dias, cápsula de missão lunar sem tripulação cai no Oceano Pacífico Após contagem regressiva, luzes de árvore de Natal de Lisboa falham e vídeo...

as mais lidas

Charles 3º aparece com Camilla em seu primeiro cartão de Natal como rei Após 25 dias, cápsula de missão lunar sem tripulação cai no Oceano Pacífico Após contagem regressiva, luzes de árvore de Natal de Lisboa falham e vídeo viraliza “Nossa simples existência é ilegal”: russos LGBTQIA+ temem pelo futuro

News Post 2025 © Todos direitos reservados