sábado, maio 18, 2024
Home Saúde Epidemia de dengue supera a marca de 2 milhões de casos no Brasil

Epidemia de dengue supera a marca de 2 milhões de casos no Brasil

por Carlos Eduardo Bafutto do R7 em Brasilia
0 Comente
epidemia-de-dengue-supera-a-marca-de-2-milhoes-de-casos-no-brasil

O Brasil superou nesta quinta-feira (21) a marca de dois milhões de casos de dengue, com 642 mortes confirmadas e outras 1.042 em investigação. 

O Distrito Federal é a unidade da federação com maior número de mortes pela doença com 153 óbitos, seguido por Minas Gerais, com 114, e São Paulo, com 98.  

A situação de emergência em saúde pública já foi decretada no Distrito Federal e em 10 estados: Acre, Amapá, Goiás, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. 

[adning id="2818"]

Dengue no Sul e Centro-Oeste

Um estudo do pesquisador Christovam Barcellos da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) indica que a dengue vem se espalhando para as regiões Sul e Centro-Oeste, localidades onde a doença não era muito comum.

De acordo com o levantamento, os mapas de ondas de calor de anomalias de temperatura que vêm atingindo o Cerrado desde 2023 coincidem com as áreas onde há mais casos de dengue tanto no ano passado como neste ano.

“Esses mapas eram muito parecidos. A gente colocou os históricos de dengue de 2000 até 2020 em uma máquina, ou mineração de dados, e viu a coincidência de períodos desses indicadores de temperatura. Chamaram a atenção dois fatores importantes, a altitude e essas anomalias de temperatura”, explicou o pesquisador.

Para o pesquisador, é preciso haver articulação do governo federal, utilizando tecnologia que possa ser passada às prefeituras via governos estaduais, para o combate efetivo ao mosquito transmissor da dengue. “Existem drones hoje em dia para visitar áreas onde o mosquito consegue entrar, e sistemas de informação mais rápidos e eficazes”, afirmou.

Cuidados

As pessoas que tiverem febre repentina de 39°C a 40°C junto a sintomas como dor de cabeça, prostração, dores musculares e/ou articulares e dor atrás dos olhos, devem procurar imediatamente um serviço de saúde. De acordo com o ministério da Saúde, deve-se ficar atento  após o período febril. Caso a temperatura do paciente baixe entre 3° e o 7° dia do início da doença, alguns sintomas podem marcar o início da piora da pessoa:

• Dor abdominal (dor na barriga) intensa e contínua;
• Vômitos persistentes;
• Acúmulo de líquidos em cavidades corporais (ascite, derrame pleural, derrame pericárdico);
• Hipotensão postural e/ou lipotímia;
• Letargia e/ou irritabilidade;
• Aumento do tamanho do fígado (hepatomegalia) > 2cm;
• Sangramento de mucosa; e
• Aumento progressivo do hematócrito.

O ministério da Saúde informa ainda que, passada a fase crítica da doença, o paciente entra na fase de recuperação. No entanto, a doença pode progredir para formas graves que estão associadas a hemorragias severas ou comprometimento grave de órgãos, que podem evoluir para a morte.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

Facebook Twitter Youtube Linkedin Envelope Instagram

categorias noticias

noticias recentes

Charles 3º aparece com Camilla em seu primeiro cartão de Natal como rei Após 25 dias, cápsula de missão lunar sem tripulação cai no Oceano Pacífico Após contagem regressiva, luzes de árvore de Natal de Lisboa falham e vídeo...

as mais lidas

Charles 3º aparece com Camilla em seu primeiro cartão de Natal como rei Após 25 dias, cápsula de missão lunar sem tripulação cai no Oceano Pacífico Após contagem regressiva, luzes de árvore de Natal de Lisboa falham e vídeo viraliza “Nossa simples existência é ilegal”: russos LGBTQIA+ temem pelo futuro

News Post 2025 © Todos direitos reservados