quarta-feira, fevereiro 14, 2024
Home Economia Financiamento do Programa Minha Casa Minha Vida ampliado para 35 Anos

Financiamento do Programa Minha Casa Minha Vida ampliado para 35 Anos

por Mix Vale
0 Comente
financiamento-do-programa-minha-casa-minha-vida-ampliado-para-35-anos

A CAIXA anunciou uma importante atualização para os financiamentos imobiliários do programa Minha Casa Minha Vida. Agora, os pagamentos podem se estender por até 35 anos, conforme previsto na Lei 14.438/22, um aumento significativo em relação ao limite anterior de 30 anos.

Com esse novo prazo, as famílias com renda de até R$ 8 mil terão a oportunidade de distribuir o valor das parcelas do imóvel ao longo de um período maior, resultando em uma redução de 5,0% a 7,5% no valor das prestações mensais.

A CAIXA mantém sua posição como principal agente financeiro do CVA, sendo responsável por quase 100% da aplicação dos recursos, com um orçamento estimado em R$ 68 bilhões para o ano de 2022. Essa medida visa impulsionar o setor imobiliário, incentivando a produção de novos empreendimentos e aumentando as contratações.

Medidas de Incentivo

Essa nova opção de financiamento se soma a outras medidas de incentivo aprovadas pelo Conselho Curador do FGTS (CCFGTS) em julho deste ano, que têm como objetivo ampliar em cerca de 20% a contratação de crédito no segmento de Habitação Popular.

Uma das medidas inclui a ampliação da faixa de renda familiar para o Programa Casa Verde e Amarela com Recursos do FGTS, juntamente com a redução das taxas de juros. Por exemplo, o limite de renda familiar para o Grupo 2 aumentou de R$ 4 mil para R$ 4,4 mil, com aumento de subsídio. Já o Grupo 3 teve seu limite elevado de R$ 7 mil para R$ 8 mil.

Simulação do Aumento da Capacidade de Pagamento

Essa migração para faixas de renda mais altas possibilitou o acesso a taxas de juros mais atrativas e uma maior capacidade de pagamento. Por exemplo, uma família com renda de R$ 2,7 mil pode acessar, desde 20 de julho, uma taxa de juros de 5,25% (anteriormente seria de 6%). Com o novo prazo de 35 anos, essa família tem a opção de reduzir R$ 100,00 na prestação mensal ou aumentar o valor do financiamento para até R$ 110 mil, proporcionando um financiamento adicional de R$ 13 mil.

Linha FGTS Pró-Cotista

Além das mudanças no Minha Casa Minha Vida, houve uma redução nas taxas de juros no programa Pró-Cotista em julho. As taxas agora partem de TR + 7,66% a.a. para imóveis de até R$ 350 mil, representando uma redução de 1 ponto percentual. Para imóveis com valor acima de R$ 350 mil, a taxa foi ajustada para TR + 8,16% a.a., uma redução de 0,5%.

Além disso, a quota de financiamento na linha pró-cotista foi ampliada para até 80% do valor de avaliação do imóvel.

Para mais informações, os clientes podem acessar o site do banco ou baixar gratuitamente o Aplicativo Habitação CAIXA, disponível para Android e iOS.

ampliação de renda familiar, Caixa Econômica Federal, FGTS, Financiamento Imobiliário, Habitação, Minha Casa Minha Vida, prazo de pagamento, programa habitacional, Programa Minha Casa Minha Vida, Taxa de Juros, Teto do Minha Casa

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

News Post 2025 © Todos direitos reservados