segunda-feira, abril 22, 2024
Home Brasil Fugitivos de Mossoró aparecem em lista vermelha da Interpol

Fugitivos de Mossoró aparecem em lista vermelha da Interpol

por Felipe Andrade
0 Comente
fugitivos-de-mossoro-aparecem-em-lista-vermelha-da-interpol

Os fugitivos Deibson Cabral Nascimento (33) e Rogério da Silva Mendonça (35), que escaparam da Penitenciária Federal de Mossoró (RN) durante a madrugada de quarta-feira (14), passaram a figurar na lista de difusão vermelha da Interpol, que reúne os criminosos mais procurados e mais perigosos do mundo. Eles conseguiram escapar do presídio por um buraco aberto na parede da cela em que ficavam presos.

O nível máximo de alerta para autoridades internacionais da Interpol abre a possibilidade de captura dos fugitivos em qualquer um dos 196 países membros da Interpol foi anunciado hoje.

Em fuga desde a quarta-feira, os fugitivos fizeram uma família refém na noite desta sexta-feira (16) na cidade de Mossoró, em uma comunidade rural, cerca de três quilômetros de distância do presídio de segurança máxima.

Registro de Deibson no site da Interpol / Reprodução/Interpol

Rogério Mendonça, fugitivo de Mossoró, aparece na lista vermelha da Interpol / Reprodução/Interpol

A inclusão na lista vermelha significa que as autoridades brasileiras executaram um pedido para que as autoridades dos países membros da Interpol possam localizar e prender provisoriamente uma pessoa com mandado de prisão em aberto. Entretanto, segundo o site da Interpol, “um aviso vermelho não é um mandado de prisão internacional”, diz o anúncio.

Atualmente, a lista vermelha da Interpol conta com 6820 nomes das mais diversas nacionalidades.

Fuga e reféns

Os investigadores que estão à caça dos dois fugitivos do presídio federal de Mossoró (RN) receberam relatos de uma família feita refém na noite desta sexta-feira (16) na área rural da cidade, próximo à penitenciária.

Segundo a vítima relatou aos investigadores, no histórico ao qual a CNN teve acesso, os dois estavam de boné, um de calça azul-claro com número (característica do presídio) e tênis azul com passador, um de camisa escura e o outro camisa clara. A família elencou, para a polícia, os pedidos que os fugitivos fizeram:

  • Mandaram abrir as redes sociais e televisão para ver notícias relatando a fuga;
  • Fizeram muitas ligações pelo WhatsApp, alguns números com DDD 21 e o interlocutor tinha sotaque e mencionou que estava no RJ;
  • Perguntavam a todo momento a localização e demonstravam desconhecimento do lugar onde estavam; vítima informou estarem muito perto da PFMOS;
  • Perguntaram como chegava ao Ceará;
  • Perguntaram se estava longe do litoral;
  • Perguntaram se tinha muito ponto de bloqueio na rua; vítima falou que perto de Mossoró tinha;
  • Não levaram nem o carro e nem a moto da vítima.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

Facebook Twitter Youtube Linkedin Envelope Instagram

categorias noticias

noticias recentes

Charles 3º aparece com Camilla em seu primeiro cartão de Natal como rei Após 25 dias, cápsula de missão lunar sem tripulação cai no Oceano Pacífico Após contagem regressiva, luzes de árvore de Natal de Lisboa falham e vídeo...

as mais lidas

Charles 3º aparece com Camilla em seu primeiro cartão de Natal como rei Após 25 dias, cápsula de missão lunar sem tripulação cai no Oceano Pacífico Após contagem regressiva, luzes de árvore de Natal de Lisboa falham e vídeo viraliza “Nossa simples existência é ilegal”: russos LGBTQIA+ temem pelo futuro

News Post 2025 © Todos direitos reservados