quarta-feira, fevereiro 14, 2024
Home Educação Governo inicia planejamento de programa que vai levar internet a 138 mil escolas públicas até 2026

Governo inicia planejamento de programa que vai levar internet a 138 mil escolas públicas até 2026

por Victoria Lacerda do R7 em Brasilia
0 Comente
governo-inicia-planejamento-de-programa-que-vai-levar-internet-a-138-mil-escolas-publicas-ate-2026

O governo federal iniciou nesta quarta-feira (7) o planejamento para implantação da Enec (Estratégia Nacional de Escolas Conectadas), do Ministério da Educação. O programa se destina a fornecer internet de banda larga e sinal de wi-fi para 138 mil escolas públicas do ensino básico até 2026. A reunião aconteceu na sede do Ministério das Comunicações, em Brasília, e contou com a participação do chefe da pasta, Juscelino Filho, da coordenadora da Enec, Izolda Cela, e do presidente da Telebras, Frederico de Siqueira Filho.

Juscelino Filho expressou a magnitude do desafio representado pelo projeto e enfatizou a importância de um esforço contínuo para torná-lo uma realidade. O ministro destacou a cobrança por empenho da equipe do governo e solicitou um painel de acompanhamento em tempo real do progresso das etapas do programa.

Lançada em setembro de 2023, a Enec tem como meta a universalização da conectividade na educação básica até 2026. A iniciativa é coordenada pelos ministérios da Comunicação e da Educação e prevê um investimento de R$ 8,8 bilhões.

O ministro enfatizou que o presidente Lula o incumbiu da missão de proporcionar aos estudantes de escolas públicas, independentemente de sua condição socioeconômica, acesso à internet e às mesmas oportunidades educacionais dos alunos de escolas particulares.

Todas as escolas contempladas serão conectadas por meio de fibra óptica ou via satélite, com uma velocidade mínima de 1 Mbps por aluno. Para aquelas sem acesso à energia elétrica ou com acesso limitado a geradores de energia fóssil, será viabilizada a conexão com a rede pública de energia ou disponibilizados geradores elétricos fotovoltaicos.

O programa Escolas Conectadas engloba diversas políticas de conectividade escolar, como o Fust (Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações), Programa Aprender Conectado, Lei de Conectividade (Lei 14.172/2021), Wi-Fi Brasil, Programas Norte e Nordeste Conectados, Piec (Política de Inovação Educação Conectada), PBLE (Programa Banda Larga nas Escolas Públicas Urbanas) e Programa de Atendimento de Escolas Rurais.

Dos recursos, R$ 6,5 bilhões são provenientes do PAC, com financiamento de quatro fontes: Leilão do 5G, Fust, Piec e Lei 14.172 de 2021. Os R$ 2,3 bilhões restantes virão por meio de três fontes: Lei 14.172/2021, com R$ 1,7 bilhão; Piec, R$ 350 milhões; e FNDCT (Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), R$ 250 milhões.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

News Post 2025 © Todos direitos reservados