terça-feira, maio 28, 2024
Home Mundo Israel aceita proposta dos EUA de troca de prisioneiros por reféns, diz analista da CNN

Israel aceita proposta dos EUA de troca de prisioneiros por reféns, diz analista da CNN

por marianacatacci
0 Comente
israel-aceita-proposta-dos-eua-de-troca-de-prisioneiros-por-refens,-diz-analista-da-cnn

Israel concordou com uma proposta dos Estados Unidos sobre uma troca de prisioneiros e reféns que libertaria cerca de 700 prisioneiros palestinos, entre eles 100 cumprindo penas de prisão perpétua por matar cidadãos israelenses, em troca da libertação de 40 reféns israelenses mantidos pelo Hamas em Gaza, de acordo com o analista Barak Ravid da CNN sobre a recente rodada de negociações em Doha, no  Catar.

O canal 11 (Kan News), afiliado da CNN, também informou no domingo (24) sobre o acordo de Israel com a proposta de troca de prisioneiros e reféns dos EUA. Kan News citou um alto funcionário israelense, dizendo que Israel está pronto para fazer “compromissos significativos para devolver os sequestrados para casa”.

No início do fim de semana, Ravid, citando um responsável israelita não identificado, disse que Israel concordou com uma “proposta provisória” dos EUA sobre o número de prisioneiros palestinos a serem libertados por cada refém detido pelo Hamas.

Uma fonte diplomática informada sobre o assunto confirmou à CNN a veracidade das informações de Ravid no sábado (23), mas disse que permanecem questões pendentes, incluindo a entrada de ajuda e o “reposicionamento militar israelense” em Gaza.

A CNN entrou em contato com autoridades israelenses e com o Hamas sobre o andamento das negociações.

Israel concordou com a proposta apresentada pelo diretor da CIA, Bill Burns, segundo Ravid. Burns esteve em Doha, onde o Hamas e Israel estão envolvidos em negociações através de mediadores.

A resposta do Hamas pode levar de um a três dias, segundo Ravid, que disse ter conversado com autoridades israelenses.

“Esses detalhes precisam passar dos representantes do Hamas em Doha, que estão negociando, até a pessoa que realmente dá as ordens, e esta é o líder do Hamas, Yahya Sinwar, em Gaza, que está em um bunker a cerca de 30 metros abaixo do solo, então isso leva muito tempo”, disse Ravid a Omar Jimenez no CNN Newsroom no domingo.

Ravid disse que a troca proposta “definitivamente incluirá alguns” reféns americanos, porque incluirá a libertação de homens com mais de 50 anos.

A última proposta do Hamas este mês exigia a libertação de cerca de 700 a 1.000 prisioneiros palestinos. Na época, Israel descreveu as exigências como “ridículas” e “absurdas”.

Espera-se que um acordo, se acontecer, tenha múltiplas fases. Na primeira fase, o Hamas propôs libertar os reféns que são mulheres – incluindo soldados israelenses – idosos, doentes e feridos. Acredita-se que esse número seja de cerca de 40 dos cerca de 100 reféns que permanecem vivos.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

inglês

versão original

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

Facebook Twitter Youtube Linkedin Envelope Instagram

categorias noticias

noticias recentes

Charles 3º aparece com Camilla em seu primeiro cartão de Natal como rei Após 25 dias, cápsula de missão lunar sem tripulação cai no Oceano Pacífico Após contagem regressiva, luzes de árvore de Natal de Lisboa falham e vídeo...

as mais lidas

Charles 3º aparece com Camilla em seu primeiro cartão de Natal como rei Após 25 dias, cápsula de missão lunar sem tripulação cai no Oceano Pacífico Após contagem regressiva, luzes de árvore de Natal de Lisboa falham e vídeo viraliza “Nossa simples existência é ilegal”: russos LGBTQIA+ temem pelo futuro

News Post 2025 © Todos direitos reservados