quarta-feira, fevereiro 14, 2024
Home Mundo Pelo menos nove mortes em dia de eleição no Paquistão

Pelo menos nove mortes em dia de eleição no Paquistão

por marianacatacci
0 Comente
pelo-menos-nove-mortes-em-dia-de-eleicao-no-paquistao

Pelo menos nove pessoas, incluindo duas crianças, foram mortas em ataques no Paquistão na quinta-feira (8), enquanto o país votava nas eleições gerais depois de suspender os serviços de telefonia móvel e fechar algumas fronteiras terrestres para manter a lei e a ordem.

O Ministério do Interior disse que tomou medidas de segurança depois que pelo menos 26 pessoas foram mortas em duas explosões perto dos escritórios dos candidatos eleitorais na província do Baluchistão, no sudoeste, na quarta-feira (7). Posteriormente, o Estado Islâmico assumiu a responsabilidade por esses ataques.

“Como resultado dos recentes incidentes de terrorismo no país, vidas preciosas foram perdidas, as medidas de segurança são essenciais para manter a situação da lei e da ordem e lidar com possíveis ameaças”, disse o ministério numa publicação na plataforma X.

Milhares de soldados foram mobilizados nas ruas e nas assembleias de voto em todo o país quando a votação começou e as fronteiras com o Irã e o Afeganistão foram temporariamente fechadas.

Apesar da segurança reforçada, cinco policiais foram mortos na explosão de uma bomba e disparando contra uma patrulha na área de Kulachi, no distrito de Dera Ismail Khan, no noroeste, disseram as autoridades. Outra pessoa morreu ao disparar contra um veículo das forças de segurança em Tank, cerca de 40 km ao norte.

No Baluchistão, um soldado de uma força civil foi morto e outras 10 pessoas ficaram feridas em mais de uma dúzia de explosões causadas por granadas ou dispositivos explosivos improvisados, disseram autoridades, enquanto duas crianças morreram numa explosão fora de uma assembleia de voto feminina.

Mohsin Dawar, um candidato do Waziristão do Norte – um foco de insurgentes islâmicos no noroeste do Paquistão – disse numa carta à Comissão Eleitoral do Paquistão (ECP), que algumas assembleias de voto no seu círculo eleitoral foram tomadas por “Talibãs” locais que ameaçavam pessoal eleitoral e moradores locais.

Não houve confirmação imediata da comissão eleitoral ou das forças de segurança.

Apesar das preocupações com a segurança e do frio rigoroso do inverno, longas filas começaram a formar-se nas assembleias de voto horas antes do início da votação. “O país está em jogo, por que eu deveria chegar atrasado?” disse Mumtaz, de 86 anos, uma dona de casa uma década mais velha que o próprio Paquistão, enquanto fazia fila em Islamabad.

Além da militância, as eleições também decorrem numa altura em que o Paquistão continua atolado numa profunda crise económica e num ambiente político altamente polarizado. Muitos analistas acreditam que não poderá surgir nenhum vencedor claro.

Os primeiros resultados não oficiais são esperados algumas horas após o fechamento das urnas, que aconteceu às 9h do horário de Brasília, e um resultado mais claro provavelmente surgirá na manhã de sexta-feira (9).

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

News Post 2025 © Todos direitos reservados