sábado, junho 22, 2024
Home Mundo Rússia prende cidadã russo-americana por acusação de traição

Rússia prende cidadã russo-americana por acusação de traição

por diegopavao
0 Comente
russia-prende-cidada-russo-americana-por-acusacao-de-traicao

Uma cidadã russo-americana foi presa na Rússia sob a acusação de traição por alegadamente recolher fundos para organizações ucranianas e apoiar abertamente Kiev.

O Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) disse que a mulher de 33 anos não identificada, que morava em Los Angeles, foi detida na cidade russa de Yekaterinburg por “fornecer assistência financeira a um Estado estrangeiro em atividades dirigidas contra” a segurança russa.

“Desde fevereiro de 2022, ela coletou proativamente fundos no interesse de uma das organizações ucranianas, que foram posteriormente usadas para comprar instrumentos táticos, equipamentos, armas e munições pelas Forças Armadas da Ucrânia”, disse o FSB em um comunicado divulgado nesta terça-feira (20).

Também acusou a mulher de participar de “ações públicas em apoio ao regime de Kiev” enquanto estava nos EUA.

“Prosseguem as atividades de busca operacional e de investigação. O tribunal escolheu uma medida preventiva na forma de detenção para a acusada”, acrescentou o comunicado.

A CNN entrou em contato com a Embaixada dos EUA em Moscou e o Departamento de Estado dos EUA para comentários.

Histórico de prisões

Moscou deteve vários cidadãos norte-americanos nos últimos anos, alguns dos quais foram trocados por prisioneiros russos mantidos em países ocidentais.

O FSB prendeu o jornalista americano Evan Gershkovich, repórter do Wall Street Journal, em Yekaterinburg , em março do ano passado, sob a acusação de espionagem, que ele, seu empregador e o governo dos EUA negaram veementemente.

O Tribunal da Cidade de Moscou rejeitou nesta terça-feira (20) o recurso dos advogados de Gershkovich e manteve sua prisão preventiva até 30 de março.

“Tendo considerado o recurso contra a decisão do Tribunal Distrital de Lefortovo de Moscou de estender o período de detenção em relação a Evan Gershkovich, deixou a decisão do tribunal inalterada e o recurso não foi satisfeito”, disse o tribunal.

Se condenado, Gershkovich enfrenta até 20 anos de prisão.

O presidente russo, Vladimir Putin, sugeriu recentemente que “um acordo pode ser alcançado” com os EUA para trocar Gershkovich por Vadim Krasikov, um russo que está cumprindo prisão perpétua na Alemanha por assassinar um ex-combatente checheno em Berlim em 2019.

“Ouça, vou lhe dizer: sentado em um país, um país que é um aliado dos Estados Unidos, está um homem que, por razões patrióticas, eliminou um bandido em uma das capitais europeias”, disse Putin em uma entrevista no início deste mês com o comentarista americano de direita Tucker Carlson.

“Não temos nenhum tabu sobre como resolver este problema. Estamos prontos para resolvê-lo, mas há certas condições que estão sendo discutidas através de canais de serviços especiais entre os serviços de inteligência. Eu acho que um acordo pode ser alcançado”, disse ele ao ex-apresentador da Fox News.

Em dezembro de 2022, a Rússia liberou a estrela da WNBA Brittney Griner em uma troca de prisioneiros que envolveu o traficante de armas russo Viktor Bout. Griner, que há anos jogava fora de temporada para um time de basquete feminino russo, foi detida em fevereiro daquele ano por acusações de tráfico de drogas em um aeroporto na região de Moscou.

O ex-fuzileiro americano Paul Whelan foi condenado a 16 anos de prisão em junho de 2020 depois de ser condenado por acusações de espionagem que ele nega veementemente.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

inglês

versão original

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

News Post 2025 © Todos direitos reservados